Estrela do menino pobre

Uma estrela pequenina,
cintilante, de brocal,
anuncia na vitrina:
hoje é dia de Natal.

O menino da favela,
sem camisa,
pés no chão,
acha a estrela muito bela
e quer tê-la em sua mão.

Por amá-la e por querê-la,
fica tempo a meditar:
Como é bela a minha estrela!
e depois, põe-se a chorar.

Um milagre, enquanto chora,
Deus acaba de operar:
e o menino vai-se embora
c’o uma estrela em cada olhar!

Gióia Júnior

One thought on “Estrela do menino pobre

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

Create your website with WordPress.com
Iniciar
%d bloggers like this: