Estações

Aprendi os cheiros
do alecrim e da hera
e ao azul do céu
chamei primavera.

Encontrei um fruto
na concha da mão
e à sede da água
dei um nome: verão.

Descobri o sol
com olhos de sono,
à tristeza das folhas
dei o nome de outono.

Aprendi os modos
do bicho mais terno:
um cão de peluche
com o frio de inverno.

Juntei as estações
com pés de magia
e à soma das quatro
chamei poesia.

José Jorge Letria

One thought on “Estações

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

Create your website with WordPress.com
Iniciar
%d bloggers like this: